METODOLOGIA MACRO DE EDUCAÇÃO

O Método Macro de Educação contempla o aluno em sua totalidade, mas tendo a ciência de que para alcançar esta ampliação, é necessário que, primeiramente ele passe por identificações micro até alcançar o desenvolvimento integral. Portanto, por meio de um diagrama de desenvolvimento de Bronfenbrenner, apresentamos a forma que estas identificações serão realizadas:

De acordo com a lei 9394/96 (Lei de Diretrizes e Bases) a educação deve abranger processos formativos que se desenvolvem na vida familiar, na convivência humana, no trabalho, nos movimentos sociais e organizações da sociedade e nas manifestações culturais.

Pensando nesta afirmativa e na perspectiva de que o aluno chega ao ambiente escolar carregando consigo o seu contexto social familiar, com características especificas de quando se insere algo novo na vida de um individuo em formação, devemos assegurar que existem algumas maneiras adequadas e apropriadas para que possamos chegar ao desenvolvimento integral da criança ou jovem.  

Inicialmente, compreendendo que a educação envolve processos que vão além da escola, se faz necessário que a instituição de ensino envolva integralmente a parceria da família, uma vez que, este é o primeiro grupo social onde o individuo faz parte e tem a oportunidade de aprender experiência tanto positivas, quanto negativas, contribuindo para a formação de sua personalidade. É no âmbito familiar que se inicia a integração, o estimulo a comunicação de relação e o processo de inserção nos diferentes grupos sociais e é também no contexto familiar que toda a sistematização de conhecimentos adquiridos, acontece. A Família é a essencial parceira para uma educação e um processo de ensino e aprendizagem de qualidade, em que esta parceria deve acontecer de forma transparente e sincera para que o desenvolvimento da criança/adolescente aconteça de maneira integral e ampliada. É importante salientar também que, aspectos políticos, econômicos e sociais também influenciam na educação de forma direta, uma vez que fazem parte do contexto humanístico.

Visando outro ponto, deve-se considerar que o aluno é o agente principal da educação, dessa forma, é preciso que a instituição adote determinados comportamentos e atitudes em face das novas gerações, incluindo-as no contexto a fim de aperfeiçoar valores, conhecimentos, hábitos, comportamentos e atitudes. O Aluno deve sempre permanecer no foco da escola e para isso, deve-se considerar a individualidade de cada um. Como falamos anteriormente, o aluno chega à instituição de educação trazendo consigo um extenso conhecimento prévio adquirido em seu meio social, portanto, a individualidade de cada criança/jovem deve ser analisada e avaliada a fim de nortear o trabalho da escola para com o aluno especifico, uma vez que cada um é fortemente marcado pelo meio social em que se desenvolve. Conseguir enxergar o aluno de maneira Macro, ou seja, em seu contexto total e ampliado, reconhecer e respeitar a individualidade do aluno é uma das principais tarefas na educação, em conseguir valorizar os conhecimentos precedentes, acreditar nas suas potencialidades e se apoiar nesses pilares para aprimorar as suas habilidades que os tornarão competentes na sociedade.

Maria Montessori (1870 – 1952), educadora e defensora dos direitos da criança, foi uma das pioneiras em apostar no ensino baseado no respeito da individualidade da criança/adolescente.

“A criança aprende mediante à atividade e o educador deve oferecer-lhe um ambiente seguro, cômodo e bom que promova a autonomia, iniciativa, capacidade para a tomada de decisões, o desenvolvimento da vontade e o esforço, e o respeito pelos demais e por si mesmo.” (MONTESSORI, 1949)

E para que a criança seja vista em sua especificidade e amplitude, e a escola consiga obter uma percepção personalizada de cada aluno, é necessário adaptar a formação inicial e contínua de professores para essas necessidades. Professores bem treinados são a chave do sucesso acadêmico dos alunos. O aluno deve ter suporte em todas as suas carências e necessidades. E para conseguir um atendimento personalizado se deve investir sempre na formação dos profissionais da escola, através de cursos de reciclagem e aprimoramento educacional. A escola deve possuir também um quadro de carreira e estimular a participação efetiva dos profissionais da educação em todas as esferas do desenvolvimento curricular. Além de métodos de ensino também qualificados, alinhados com a proposta e estrutura física prontamente preparada para o recebimento deste novo aluno.

 

É baseado nesses conceitos que o Método Macro de Educação do ILP se justifica, visando sempre a Parceria familiar, a transparência, o foco no aluno, o atendimento individualizado levando sempre em consideração o contexto social ampliado de cada aluno, um ensino de qualidade contando com profissionais qualificados e uma infraestrutura adequada para o perfil dos alunos.

Fale Conosco
(31) 3411-1202
lepetit@institutolepetit.com.br
Rua Henrique Gorceix, 1906 - Caiçara, Belo Horizonte (MG)
Desenvolvido por infinite.pro